Solicite um teste

Proteja o varejo eletrônico de fraudes com as nossas dicas

10 JAN 2020

10 JAN. 2020 / por Isadora Soliani

Quer ouvir o artigo versão áudio? Clique abaixo!

Você sabe o que é uma fraude eletrônica e o quanto ela afeta o comércio

Não é novidade que a tecnologia está impulsionando as vendas, principalmente no varejo eletrônico, mas o que muitos ainda desconhecem, é que a mesma também abre espaço para novos modelos de fraude, as eletrônicas ou virtuais, como são conhecidas. Ou seja, os fraudadores estão se adaptando ao novo meio, criando métodos cada vez mais sofisticados para seus crimes. 

Obter vantagem sobre a vítima é o principal objetivo dos fraudadores, que no âmbito virtual estão conseguindo até mesmo copiar sistemas de lojas virtuais ou redes sociais de uma marca para enganar o consumidor. Este modelo de fraude tem um nome, “Phising” e, geralmente neste caso, o criminoso elabora uma proposta irresistível com o intuito de atrair pessoas para o site ou rede social. 

Além de “Phising”, temos inúmeras outras fraudes e esquemas maiores envolvendo este meio. Neste ano, um estudo realizado pela ClearSale, fez um levantamento que apontou que as invasões de contas custaram cerca de US$ 5,1 bilhões aos comerciantes eletrônicos mundiais em 2018, o que representa um aumento de 120% em relação a 2017.

Dados como o citado acima, preocupam os empresários do ramo, os consumidores e até mesmo o governo. Afinal, o varejo eletrônico tem contribuido imensamente com o PIB nos últimos anos. 

Solução para diminuir o número de fraudes virtuais 

Investir em soluções tecnológicas melhores, que envolvem tecnologia Big Data e análise especializada, é imprescindível. Além disso, as empresas devem realizar uma análise geral, tanto do seu e-commerce, quanto das atividades dentro da própria empresa. Dessa forma, isso permitirá um maior conhecimento e monitoramento do cenário como um todo, identificando alterações nos padrões de compra e podendo prever futuras fraudes. 

Através de algumas técnicas de Machine Learning, os comerciantes já estão sendo capazes de reconhecer comportamentos que podem sinalizar fraudes de invasão de contas, sem contar na capacidade que a tecnologia têm de cruzar dados importantes sem aumentar o atrito do cliente, protegendo-o desde o login até o check-out.

Verificar os dados do seu cliente e colaborador também é uma recomendação, afinal, na maioria das vezes, o criminoso pode estar agindo de dentro da empresa ou fornecendo informações para alguém de fora. Portanto, garantir a idoneidade e transparência da equipe é fundamental. 

Outras ações de prevenção a fraudes: 

  • Crie um sistema de verificação e cruzamento de dados 
  • Otimize a análise de crédito 
  • Fique atento aos cancelamentos em relação a pagamentos
  • Ofereça um sistema confiável de pagamento 
  • Invista em uma boa estrutura do seu e-commerce 
  • Verificacão do CPF ou CNPJ dos clientes, parceiros e colaboradores 
  • Valide a entrega 

Adotando essas ações e estando sempre por dentro das novidades em tecnologia de prevenção, sua empresa poderá eliminar as chances de fraude no seu negócio em muitos %. 

O valor da marca, também é um ponto importante, quando o assunto é fraude. Afinal de contas, uma empresa envolvida em escândalos de fraude, perde valor em frente ao consumidor. Por isso, as práticas de prevenção estão bastante ligadas à lucratividade do negócio. Quanto mais confiável for o seu e-coomerce ou empresa, maiores as chances de se obter vantagem competitiva no mercado. 

Dados positivos de 2019 em relação a prevenção de fraudes 

A maioria das empresas já vêm adotando um bom programa de gestão e prevenção a fraudes. Em 2019, especificamente no Natal, o Compre&Confie divulgou que o e-commerce conseguiu faturar R$ 14,1 bilhões e evitou R$ 292,5 milhões em fraudes. Logo, isso representa um aumento de 91% no prejuízo com esse modelo de crime. 

Para o ano de 2020, as expectativas são de que o varejo eletrônico continue em ascensão e esteja cada vez mais alinhado com as vontades do seu cliente, e as empresas invistam cada vez mais em soluções tecnológicas para conseguir diminuir o número de fraudes. 

Por ser um assunto bastante amplo e com muitos detalhes, elaboramos um e-book com informações relevantes que irão te ajudar na prevenção contra fraudes. 

O papel da tecnologia no combate à fraudes

 


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.