Solicite um teste

Instituto Não Aceito Corrupção: a plataforma upMiner no processo de Background Anti-Money Laundering (AML)

20 MAIO 2021

20 MAIO. 2021 / por Rômullo Martins

Case Instituto Não Aceito Corrupção

O Instituto Não Aceito Corrupção (INAC) é uma associação civil, sem fins econômicos, fundada em 2015. 

A organização atua em quatro frentes diferentes: pesquisa, políticas públicas, educação e mobilização da sociedade com o objetivo de reverter a cultura de corrupção, que há tanto tempo está presente no Brasil.

As ONGs possuem um papel importante na resolução de problemas comuns presentes na sociedade. No entanto, muitas dessas entidades acabam sendo utilizadas para a prática de Lavagem de Dinheiro, ou Anti-Money Laundering (AML), termo em inglês.

Com o intuito de aprimorar as checagens das doações recebidas, o Instituto Não Aceito Corrupção passou a utilizar a plataforma upMiner em seus processos diários.

Para entender melhor como é feito esse procedimento e elaborar este case, conversamos com a Dra. Gabriela Guimarães, diretora do Instituto. 

Por que é tão importante o background em organizações sem fins lucrativos?

Via de regra, as OSC – Organizações da Sociedade Civil subsidiam seus custos fixos (infraestrutura e pessoal, dentre outros) e projetos por meio de doações, sendo, portanto, de suma importância a verificação da origem dos recursos doados, se provenientes de atividades lícitas, compatíveis com a renda do doador.

Outra forma de captação de recursos pelas OSC é a prestação de serviços, venda de produtos ou cotas de patrocínio. 

No caso do Instituto Não Aceito Corrupção, a condução de background check de todas suas partes relacionadas reflete não apenas a essência do instituto, o combate à corrupção e à práticas correlatas, mas também a consciência da importância da adoção de boas práticas de Compliance, bem como o reconhecimento da reputação do segmento –  é de conhecimento amplo que ONGs de fachada são usadas para a prática de lavagem de dinheiro.

Como esse processo de investigação era realizado no Instituto antes da aquisição da plataforma upMiner?

Contamos com diversos apoiadores e profissionais que atuam a título de pro bono, então solicitávamos pesquisa em casos específicos. Pesquisas rotineiras eram realizadas de forma manual, processo que além de demorado também estava mais suscetível a erros humanos. 

Quanto tempo levava, em média, para realizar uma checagem completa de um possível doador sem a utilização da plataforma? 

É difícil estimar o tempo médio, pois o volume de informações pesquisadas dependia do terceiro objeto de pesquisa, isso porque empresas de grande porte, com diversas áreas de negócio e com grande visibilidade (não necessariamente negativa), dentre outras coisas, geram um significativo volume de informações, exigindo maior esforço do analista no acesso de cada uma das fontes de interesse.

E depois da solução?

Com a solução, o procedimento ganhou não apenas celeridade, mas qualidade. 

A emissão de um relatório leva poucos minutos e a curadoria dos dados pelo analista, para posterior análise e deliberação pela Diretoria, poucas horas.  

Benefícios da Plataforma upMiner 2

Quais fontes de dados, na sua opinião, são imprescindíveis consultar para garantir maior transparência e idoneidade de doadores e terceiros? 

Construímos a fonte de dados de acordo com a natureza da atividade do terceiro, sem dispensar, é claro, aquelas padrão que se aplicam para qualquer segmento. 

Não obstante, se eu puder citar três, eu diria que são essenciais: 

  • Receita Federal / QSA: por meio dele conseguimos identificar se o sócio e/ou administrador da empresa é PEP, esteve envolvido em algum escândalo de corrupção, por exemplo;
  • Listas restritivas: registro de indivíduos e/ou empresas comprovadamente associados a crimes como fornecer condições de trabalho análogas à escravidão, praticar lavagem de dinheiro ou financiar o terrorismo;
  • Situação Financeira: permite identificar a compatibilidade entre a receita da empresa e a doação pretendida.

Benefícios da Plataforma upMiner 3

Sobre realizar consultas manuais, qual a maior dificuldade encontrada neste processo?

Nosso time é enxuto, então cada minuto de trabalho “vale ouro”. O grande problema das consultas manuais é o tempo despendido.

Em relação aos custos operacionais, houve uma redução? 

Sim. Como gastávamos muito tempo na atividade, o investimento hora/homem de trabalho era relativamente alto. Ao otimizar os processos de checagem, podemos obter redução de custos.

Benefícios da Plataforma upMiner 2

Em relação ao número de checagens/aprovações, o que mudou?

O volume de checagens aumentou significativamente, haja vista que a ferramenta possibilitou a ampliação do nosso escopo de pesquisa (relacionado ao tipo de terceiro e objetivo da pesquisa, antes basicamente focada em doadores).

Benefícios da Plataforma upMiner

Além do combate à prática de Lavagem de Dinheiro Anti-Money Laundering (AML), quais práticas na sua visão a plataforma pode auxiliar?

A plataforma é útil na pesquisa do histórico reputacional de profissionais que intencionam contribuir com as atividades do INAC, seja em suas atividades internas, seja na produção de conteúdo para nossas redes.

Você também pode automatizar práticas investigativas na sua empresa, prevenindo-a de riscos e ganhando tempo para executar tarefas mais estratégicas.

Clique aqui para falar com um de nossos especialistas e agendar uma demonstração gratuita da plataforma upMiner.


Comments

Share on activity feed

Powered by WP LinkPress