Solicite um teste

Conheça Seu Cliente (KYC): veja como otimizar essa prática e se adequar a PLD

13 OUT 2021

13 OUT. 2021 / por Rômullo Martins

Conheça Seu Cliente ou simplesmente KYC (Know Your Customer), em inglês, é um conjunto de ações que tem por finalidade analisar pessoas físicas e jurídicas. 

Essa análise é exigida principalmente por empresas que precisam seguir as normas da PLD (Prevenção à Lavagem de Dinheiro), como é o caso das instituições financeiras. 

Neste artigo, falaremos melhor sobre este processo e como otimizá-lo.

Por que o KYC é tão necessário?

Para responder essa questão, devemos entender qual é o nosso cenário hoje. Atualmente, crimes de fraude e lavagem de dinheiro acontecem em uma escala gigantesca, prejudicando seriamente a população em diversos lugares do mundo.

No Brasil, também enfrentamos esse mesmo problema há muito tempo. Infelizmente, no Índice de Capacidade de Combate à Corrupção (CCC), este ano o nosso país caiu para a sexta posição, conforme relata uma matéria publicada pelo G1.

Se observarmos que em 2019 nos encontrávamos em segundo lugar nessa mesma lista, é possível compreender que mais do que nunca precisamos evoluir no combate a esses crimes.

Nesse sentido, a prática “Conheça Seu Cliente” é justamente uma das formas de identificar e eliminar esse tipo de atividade. 

Como esse processo é feito?

Utilizando as instituições financeiras como referência, antes de uma pessoa ou empresa se tornar cliente, o banco precisa checar algumas informações para identificar se aquele vínculo não trará problemas no futuro.

Além de confirmar a veracidade dos dados que foram solicitados previamente, a instituição também pode consultar algumas fontes para se certificar de que não existe nenhuma restrição. 

Ao consultar a parte de mídias negativas, por exemplo, é possível checar se um indivíduo já foi associado a crimes de roubo, racismo, sonegação fiscal e a própria lavagem de dinheiro. 

Do mesmo modo, com uma ficha cadastral é possível identificar a existência de pendências financeiras e se a pessoa é politicamente exposta, informações que podem fazer a diferença em uma análise de risco.

Contudo, em ambos os casos, se trata de um processo que envolve uma grande coleta de dados.

Quais são as maiores dificuldades encontradas na prática KYC?

Coletar informações de pessoas e empresas é um trabalho que pode levar muitas horas e até mesmo dias, dependendo do grau de risco envolvido. 

Entretanto, as instituições precisam de rapidez para aprovar ou reprovar uma solicitação. Para conseguir solucionar este problema muitas vezes é necessário possuir uma grande equipe de profissionais somente para fazer essas análises, o que por sua vez gera um alto custo.

Mesmo com muitos colaboradores, por se tratar de uma atividade manual ainda há grandes chances de inconsistências.

Como otimizar o processo de KYC?

Não tem como falar sobre otimização de processos sem citar o uso de tecnologia. Diversas tarefas podem ser automatizadas utilizando a ferramenta correta. 

No caso da coleta de dados, não é diferente. Na atualidade, muitas empresas contam com uma plataforma de mineração de dados para otimizar a busca de informações sobre pessoas e empresas.

Essas ferramentas permitem consultar centenas de fontes simultaneamente, além de retornarem os dados de forma estruturada. Como resultado, em poucos minutos pode-se consultar CPFs ou CNPJs e obter relatórios para análise e tomada de decisão. 

A plataforma upMiner

Um bom exemplo de plataforma que utiliza esse tipo de tecnologia, é o upMiner. Essa solução está presente em empresas de diversos segmentos, auxiliando os gestores em processos de due diligence, background check, auditoria e o próprio KYC.

Com mais de 1.900 fontes de consulta, é possível identificar rapidamente dados como antecedentes criminais, pessoas e empresas relacionadas, PEPs, mídias negativas, bens patrimoniais, embargos, entre outros.

Por se tratar de um processo automatizado, as chances de erros são bem menores. Os usuários ilimitados ainda permitem que diferentes áreas de uma mesma empresa utilizem a plataforma com base em suas necessidades.

Conclusão

Para evitar crimes como fraudes e lavagem de dinheiro, é imprescindível que as organizações façam uma análise minuciosa antes de fechar qualquer negócio. 

Ao investir em tecnologia é possível fazer essas checagens com muito mais rapidez e precisão.

Teste na prática

Quer saber como funciona a plataforma upMiner na prática? Clique aqui para falar com um de nossos especialistas e teste a solução gratuitamente!


Comments

Share on activity feed

Powered by WP LinkPress