Solicite um teste

Todos os detalhes e vantagens do compliance público

24 JUL 2020

24 JUL. 2020 / por Isadora Soliani

Implementar programas de compliance eficientes tem sido uma das prioridades de grandes organizações brasileiras e do setor público, pois ambos estão sujeitos a inúmeros riscos e também devem garantir o cumprimento das normas, leis e legislações presentes a fim de evitar prejuízos relacionados à multas e sanções. 

Além disso, a adoção de práticas de compliance têm como característica atrair a atenção de investidores e parceiros, os quais costumam prezar por transparência e idoneidade em suas relações com empresas e outros países, no caso do setor público. 

Neste artigo, iremos nos aprofundar nos principais benefícios que o compliance público pode trazer. Afinal, a fama internacional do Brasil é um pouco nebulosa devido aos últimos escândalos de corrupção e lavagem de dinheiro noticiados pela mídia de todo o mundo. 

Trazer mais inovação à administração estadual, melhorar a qualidade dos serviços prestados aos cidadãos e incentivar a integridade são alguns dos principais objetivos de um programa de compliance público. Portanto, podemos entender que não existe apenas o foco no combate à corrupção e lavagem de dinheiro, mas sim, a adoção de práticas e soluções que auxiliem efetivamente no processo de garantir a ética e a credibilidade na administração pública por meio de sistematização e metodologias modernas.

Outro aspecto interessante de se levantar a bandeira de integridade no setor público é a força que esse exemplo pode ter sobre o mercado, tornando-o mais transparente e confiável.

Principais dores presentes no setor público:

  • Conflitos de interesse;
  • Fraudes de funcionários;
  • Uso de propina;
  • Falsificação de algum tipo de documentação;
  • Processos e controles mal estruturados que acabam por abrir brechas para a ocorrência de erros e fraudes no sistema;
  • Entre outros.

Os problemas citados acima podem ser erradicados ou evitados através da instituição de uma área de compliance, mapeamento de processos, integração de controles internos e adoção de práticas eficazes, tais como:

04 das principais práticas do compliance público:

  • BACKGROUND CHECK 

Essa prática consiste em realizar uma checagem simples ou aprofundada de antecedentes criminais, comerciais e financeiros de pessoa física ou jurídica, através de seu CPF ou CNPJ, geralmente.

A verificação é feita, através de fontes públicas e privadas que têm acesso à documentação cadastral, antecedentes criminais, processos trabalhistas, envolvimento em atos ilícitos como fraudes e corrupção, entre outros.

Esse processo pode evitar que um indivíduo envolvido em lavagem de dinheiro seja contratado como governador de um estado ou agente público, por exemplo.

  • AUDITORIAS 

São responsáveis pela averiguação, acompanhamento e controle das atividades da gestão pública. 

Por meio das auditorias, é possível avaliar se os objetivos estão sendo alcançados. Ou seja, analisar se está havendo o cumprimento das leis e normas aplicáveis, bem como assegurar que qualquer tipo de erro seja corrigido de maneira ágil.

  • CÓDIGO DE CONDUTA DO AGENTE PÚBLICO E DA ALTA ADMINISTRAÇÃO 

Por meio deste documento, é possível determinar o agir ético, a integridade, a transparência do agente público estadual e autoridades do governo com as pessoas e com o patrimônio estadual.

  • CANAL DE DENÚNCIAS 

Funciona como instrumento para detectar eventuais irregularidades, tais como: atos de corrupção, fraudes internas/externas e descumprimento de normas e políticas internas. 

Além disso, a implementação deste canal é capaz de incentivar os agentes públicos a delatar qualquer tipo irregularidade dentro do sistema de forma anônima, prezando dessa forma pela sua segurança.

Como automatizar e otimizar as práticas acima? 

Ferramentas especializadas em mineração de dados!

São capazes de encontrar informações relevantes e trazê-las em formatos de relatórios analíticos de fácil compreensão. Permitindo, dessa forma, que departamentos de compliance realizem os processos de forma mais ágil, reduzindo custos e garantindo uma melhoria na qualidade das atividades prestadas. 

Nos dias de hoje, o investimento em uma solução como essa é considerado fundamental. Visto que, a gestão pública e o mundo corporativo prezam muito pela inovação e otimização de processos

Além da melhoria na qualidade dos processos, otimização do tempo e redução de custos, plataformas de mineração de dados são capazes de prever riscos, o que é imensamente positivo para a administração pública. 

Quais tipos de riscos uma plataforma de mineração de dados pode antever? 

  • Enriquecimento ilícito; 
  • Lavagem de dinheiro; 
  • Possíveis conflitos de interesse; 
  • Corrupção;
  • Diversos tipos de fraudes; 
  • Envolvimento em crimes; 
  • Entre outros. 

Como ela é capazes de prevê-los? 

Através de fontes confiáveis, como por exemplo, a Receita Federal e inúmeras outras, os relatórios fornecidos pela plataforma permitem que gestores e analistas de compliance identifiquem processos e informações suspeitas sobre pessoas físicas ou jurídicas. Dessa forma, as investigações e checagens se tornam mais assertivas, facilitando os processos de tomada de decisão. 

O upMiner 

É uma plataforma de mineração de dados bastante completa, pois conta com cerca de 1900 fontes relevantes (nacionais e internacionais) e 16 aplicativos para sanar todas as necessidades do usuário. Além disso, o upMiner conta com diversos modelos de planos que se adequam ao valor que o cliente está disposto a investir, podendo também futuramente realizar upgrades na versão escolhida. 

Alguns aplicativos presentes que podem ser interessantes na gestão pública: 

  • Dossiês – um dos aplicativos mais completos da plataforma, ele é capaz de fornecer um documento completo de acordo com as fontes de busca selecionadas pelo usuário sobre pessoa física ou jurídica
  • Enriquecimento de Dados – possibilita atualizar e nutrir automaticamente um grande volume de dados em listas personalizadas que podem ser cruzadas com fontes públicas e bureaus de crédito; 
  • Histórico Empresarial – aplicativo que permite a visualização e entendimento de todo o histórico de vida de empresas nacionais; 
  • Monitoria – propicia o acompanhamento de pessoas pesquisadas previamente, ou seja, com este aplicativo é possível programar novos status de dossiês em períodos anuais, semestrais, trimestrais, mensais e, até mesmo, semanais.
  • upLink – bastante utilizado na busca por conflitos de interesse, ele permite  uma visualização gráfica de vínculos diretos e indiretos entre pessoas, empresas e grupos econômicos complexos.

Quer saber mais sobre o upMiner? 

Sugerimos que você entre em contato com nosso time do comercial e solicite um teste para observar na prática o quanto a solução pode ser útil em diversos aspectos.

Não deixe de acessar também nosso e-book que serve como um manual para checagem de terceiros.

Manual de conhecimento de terceiros

 


Comments

Share on activity feed

Powered by WP LinkPress