Solicite um teste

Efeito cascata em programas de compliance

03 JUN 2020

03 JUN. 2020 / por Isadora Soliani

Instituição do sistema de compliance no Mato Grosso

No dia 7 de abril, foi aprovada a lei (PL 320/2019). Ela estabelece que as empresas privadas que mantêm ou pretendem firmar contratos com a administração pública, deverão se comprometer a adotar medidas éticas e de transparência, a fim de evitar atos de corrupção e fraudes dentro e fora da organização. Ou seja, será necessário investir em práticas eficientes de compliance daqui pra frente.. 

O objetivo por trás desta nova lei não é só de evitar a ocorrência de casos ilícitos, mas também incentivar e disseminar a cultura de integridade no mercado brasileiro. Afinal, a adoção de um programa de compliance vai muito além da prevenção contra riscos, ele é capaz de garantir uma boa conduta em diversos aspectos, desde a responsabilidade ambiental até a própria sustentabilidade da empresa. 

Vale lembrar também que o Mato Grosso não é o primeiro estado a instituir esse tipo de lei que determina a adoção de programas efetivos de compliance para estabelecer alguma parceria com a administração pública. 

O Rio de Janeiro, Distrito Federal, Amazonas, Espírito Santo e Santa Catarina são alguns exemplos de outros estados que já contam com esse tipo de posicionamento por parte do governo ou estão com um Projeto de Lei de Integridade em tramitação. Dessa forma, os programas de compliance vêm passando por um “efeito cascata”, se tornando cada vez mais evidentes e necessários no mercado brasileiro. 

Portanto, as empresas que não tem um programa de compliance, devem investir na sua implementação. As organizações que possuem um, devem buscar o aprimoramento do mesmo sempre.

Por que é tão necessário um programa de compliance no mundo corporativo? 

O compliance no mundo corporativo garante que a empresa esteja de acordo com as leis, normas e políticas presentes no mercado e no setor que ela está presente. No Setor da Saúde, por exemplo, existem alguns tipo procedimentos que a instituição deverá seguir que nos meios financeiros não são necessários. Ou seja, em cada ambiente/setor o programa de compliance terá algumas particularidades. 

Prevenir as organizações contra riscos como multas e fraudes, detectar erros e punir atos que vão contra o Código de Conduta Ética são algumas ações que fazem parte de um programa de compliance efetivo e são capazes de garantir a preservação da reputação e imagem da marca, além de gerar vida longa às empresas. 

Outro ponto importante a ser mencionado é o combate à corrupção no Brasil, um problema antigo que gera um prejuízo de cerca de R$ 200 bilhões por ano, segundo o procurador federal Paulo Roberto Galvão.

Portanto, mudanças como a instituição de programas de compliance por parte do governo e das empresas são mais do que necessárias para melhorar também a qualidade do ambiente de negócios no país, garantindo dessa forma relações mais transparentes e diminuindo a incidência de atos ilícitos (corrupção, lavagem de dinheiro, uso de propina, entre outros).

Características de um efetivo programa de compliance: 

  • Modelo de governança estruturado;
  • Envolvimento da alta gestão;
  • Presença e cumprimento de um Código de Conduta Ética;
  • Políticas claras;
  • Padronização de processos;
  • Processos de gestão, controle e prevenção de riscos;
  • Canal de Denúncias;
  • Treinamentos e boa comunicação entre todos da empresa;
  • Bom funcionamento de práticas como: auditorias, due diligence, checagem de terceiros e monitoria.

O papel da tecnologia no compliance 

Outro aspecto importante a ser levado em conta, tanto pelas empresas quanto pelo governo, é a necessidade de se investir em tecnologia a fim de automatizar práticas de compliance e otimizar o tempo das equipes envolvidas nestes processos.

Um bom exemplo disso é a checagem de terceiros, um procedimento essencial mas que geralmente envolve a coleta e análise de muitos dados, podendo levar até dias para ser concluído quando feito de forma manual. Ao contratar uma plataforma de mineração de dados é possível realizar este trabalho em minutos e de forma muito mais assertiva.

UpMiner – Solução otimizadora de inúmeros processos

A plataforma é um exemplo de uma solução bastante conhecida no meio de compliance, pois ela é capaz de consolidar um alto volume de dados em relatórios analíticos personalizados de acordo com a necessidade do cliente. Dessa forma, gestores, analistas e diretores conseguem ter em mãos informações diversas relevantes para tomar decisões baseadas em dados, prever riscos e mitigá-los.

Dentro da ferramenta são mais de 16 aplicativos que têm como base mais de 1900 fontes nacionais e internacionais. Receita Federal, JUCESP, Boa Vista, Serasa e Ocorrências nos Diários Oficiais, são alguns exemplos das principais fontes de dados presentes na pesquisa trazida pelo upMiner.

Quer saber mais sobre a plataforma? Não deixe de entrar em contato com a nossa equipe do comercial!

Separamos também um e-book específico sobre o papel da tecnologia no combate à fraudes, desde eletrônicas até atos como a corrupção, não deixe de baixar!

O papel da tecnologia no combate à fraudes


Comments

Share on activity feed

Powered by WP LinkPress