Solicite um teste

Distribuição alimentícia e a necessidade de checar os envolvidos neste processo

04 MAIO 2020

04 MAIO. 2020 / por Isadora Soliani

Importância de um processo de logística eficiente na distribuição de alimentos 

A indústria de alimentos precisa estar sempre atenta com o processo de logística, pois é necessário que todas as atividades sejam realizadas com bastante cuidado e atenção a fim de garantir a qualidade dos produtos perecíveis até a sua chegada à mesa do consumidor. 

Problemas relacionados à embalagem, acondicionamento, clima, má escolha da distribuidora, transportadora despreparada, terceirizados fraudulentos, entre outros, são alguns exemplos de contratempos que fazem com que o setor perca muito dinheiro, através de multas altíssimas e uma desvalorização da marca perante seus clientes.  

Qual o papel de um programa de compliance neste processo?

Para garantir a prevenção de riscos, uma boa gestão e controle de todas as atividades que envolvem o processo de logística na distribuição de alimentos, é fundamental que as empresas do ramo conheçam todas as particularidades do processo e invistam em um eficiente programa de compliance para garantir uma boa função dos mesmos. 

Pontos que merecem ser observados na adoção de práticas eficientes:  

Como foi dito anteriormente, em um eficiente programa de compliance é fundamental que a organização saiba onde estão as principais dores relacionadas aos processos. 

No caso da logística de distribuição, iremos evidenciar algumas áreas, fatores e atividades que devem ser considerados e analisados para estabelecer boas práticas de compliance: 

  • Instalações físicas

Precisam estar em conformidade com todas as normas estipuladas pela ANVISA. 

É importante salientar que a área não pode ter nenhum tipo de abertura que seja capaz de contaminar o ambiente, seja no momento da transferência do caminhão, na conferência ou na estocagem.

  • Recebimento e expedição do produto

Toda a transferência e recepção deve seguir um rigoroso processo de manuseio e cuidados com o direcionamento da carga para evitar danos como: furtos, roubos e algum tipo de desperdício do produto (cair no chão, por exemplo). 

  • Picking

A separação de produtos para colhimento do pedido tende a ter uma alta incidência de manuseio e maior probabilidade de danos à ao produto, furtos internos e roubos. 

  • Embarque e desembarque

Nesta etapa do processo, é necessário que se siga protocolos para garantir o cuidado e atenção com a possível exposição à contaminação externa (sujeira e temperatura) no momento da transferência para o veículo transportador. 

Os veículos transportadores na distribuição de alimentos precisam estar em conformidade com as normas estabelecidas pela ANVISA a fim de manter a integridade do produto. Por isso, é essencial que a empresa do ramo alimentício contrate uma parceiro logístico idôneo e capacitado para fazer parte desta etapa tão importante. 

Ao escolher um provedor logístico com experiência na área de alimentos e alinhado com as expectativas da empresa, é possível obter benefícios como: redução de custos, mão de obra qualificada, estruturas, máquinas, transportes e equipamentos especializados. Garantindo, dessa forma, um grande diferencial nos resultados da organização.

Práticas mais utilizada e que garante um bom funcionamento das atividades acima:

Checagem de terceiros

Distribuidoras, transportadoras, fornecedores, terceirizados, colaboradores e parceiros devem passar por uma triagem ou investigação prévia a fim de garantir o não envolvimento em algum tipo ato ilícito que possa causar algum tipo de prejuízo à empresa do setor alimentício que contrata seu serviço.

Esta prática, característica de programas de compliance de qualidade, auxilia também nos processos de recrutamento e seleção, pois através da análise de dados é possível perceber se um funcionário está alinhado com os valores e objetivos da empresa.

A checagem é realizada através de fontes públicas e privadas que têm acesso à informações como: documentação cadastral, antecedentes criminais, processos trabalhistas, envolvimento em crimes e fraudes, entre outros. Tal verificação evita, por exemplo, que um indivíduo envolvido em um crime de roubo de carga seja contratado como transportador de uma empresa.

Como otimizá-la?

Uma dica importante para empresas que realizam esta prática é a de contratar uma plataforma de mineração de dados, visto que ela contribui com a agilidade das pesquisas, análises e processos de tomada de decisão, através de uma enorme quantidade de dados estruturados em formato de relatórios analíticos de fácil compreensão.

O upMiner é uma plataforma que possui um modelo de fácil usabilidade e bastante ágil. São mais de 15 aplicativos distintos que buscam atender as necessidades dos clientes em processos de:

  • Checagem de terceiros;
  • Auditorias;
  • Buscas por conflitos de interesse;
  • PLD (Prevenção à Lavagem de Dinheiro);
  • Análises de participações societárias;
  • Inteligência e prospecção de mercado;
  • Onboarding Digital;
  • Entre outros.

Além da diversidade em aplicativos, são mais de 1900 fontes nacionais e internacionais atualizadas que garantem a assertividade dos dados fornecidos pela plataforma.

No caso da checagem de terceiros, destacamos um aplicativo bastante utilizado pelas empresas, principalmente do setor alimentício em suas verificações:

Dossiês

Um dos aplicativos mais utilizados do upMiner é este, pois ele é capaz de fornecer um relatório com todas as fontes disponíveis, caso seja de interesse do cliente. Ou seja, os Dossiês são personalizados de acordo com a necessidade da empresa, podendo escolher quais serão as fontes de pesquisa utilizadas.

Na verificação e análise de possíveis fornecedores, distribuidoras e transportadoras faz todo sentido optar por utilizar essa ferramenta, pois o documento gerado é bastante completo e os dados trazidos são capazes de antever possíveis riscos à empresa. Como, por exemplo: dados criminais que comprovem o envolvimento de um fornecedor em casos de lavagem de dinheiro.

Quer saber quais outros aplicativos fazem sentido em processos de checagem de terceiros?

Não deixe de entrar em contato com a nossa equipe do comercial e solicitar um teste da plataforma!

Separamos também um e-book específico e completo sobre o assunto deste artigo.

Manual de conhecimento de terceiros


Comments

Share on activity feed

Powered by WP LinkPress