Solicite um teste

Como se tornar um Compliance Officer

01 OUT 2018

01 OUT. 2018 / por adminuplexis

Compliance é uma área com grandes possibilidades de crescimento, visto que, as práticas de corrupção, fraudes e outros atos ilícitos ainda fazem parte da rotina de empresas e instituições públicas brasileiras, infelizmente. Por conta disto, é quase que uma obrigação para as organizações implementar um programa de compliance eficiente com práticas que buscam o cumprimento das leis e normas, além de garantir uma boa conduta ética por parte dos colaboradores.

Por ser uma área que se encontra em franca expansão na maioria das empresas, o compliance depende da interação com os outros departamentos e todos colaboradores, a fim de tornar essa ação sustentável. Portanto, também é essencial que exista um profissional para estruturar e coordenar o programa. Ele é conhecido como compliance officer e possui inúmeras responsabilidades.

Geralmente, o compliance officer é um executivo mais sênior que possui experiências anteriores em contabilidade ou área jurídica.

Quais serão suas obrigações?

O compliance officer é responsável pela supervisão e gestão de quaiquer problemas relacionados a compliance, leis, normas ou regulamentações da empresa em questão.

Isso inclui escrever relatórios frequentemente sobre a adequação ou não daquela regulamentação para recomendações de mudanças antes de quaisquer problemas.

Entre essa função se desdobram outras, tais como:

  • Criar estratégias de gerenciamento de riscos;
  • Coordenar auditorias internas para garantir que as leis e normas estão sendo seguidas;
  • Monitorar da melhor forma possível os serviços e atuações da organização diante do Estado e suas regulamentações.

Como se tornar um compliance officer?

Usualmente a gradução é o grau mínimo de um Compliance Officer.

Essa graduação inicial costuma envolver Finanças, Administração, Negócios, Contabilidade, porém há empresas que não exigem esse cenário prévio focado em alguma dessas áreas.

Dependendo do segmento de atuação é necessário certificações adicionais, adequando-se à demanda do mercado, portanto.

Ele pode atuar em inúmeros segmentos, finanças, saúde, indústria, varejo, gestão ambiental e muitos outros.


Recomendamos para você: Entenda o que é compliance e como uma área deve atuar


Quais as suas principais qualidades?

O Compliance Officer além de ser a pessoa que zela pela imagem da empresa diante de riscos, tem que desenvolver algumas habilidades comportamentais para lidar com as situações que passará.

Algumas das habilidades que deve desenvolver ou já ter no seu perfil são:

  • Diplomacia;
  • Capacidade de exercer a liderança;
  • Excelentes habilidades comunicacionais, tanto escrita (para seus relatórios), quanto oral para ministrar pequenas palestras ou treinamentos com o intuito de implementar a cultura de compliance dentro da organização;
  • Capacidade em tomar decisões éticas em cenários adversos;
  • Integridade;
  • Habilidade em trabalhar com informações restritas e sigilosas.

Portanto, através das habilidades citadas acima e das funções da área como um todo, podemos concluir que o compliance officer é um profissional que busca tornar o ambiente de negócios mais ético, transparente e seguro através da implementação de normas, práticas, controles e ações eficazes.

Outro ponto importante do trabalho do compliance officer é que ele está sempre em constante evolução. Afinal, novas leis, práticas, tecnologias e controles surgem todos os dias. Sendo assim, seu papel também é estar antenado às tendências do mercado a fim de aprimorar sempre o programa, obtendo melhores resultados.