Solicite um teste
+55 (11) 3094–7444 pt en

Como fazer para manter o programa de integridade em tempos de COVID-19?

08 ABR 2020

08 ABR. 2020 / por Isadora Soliani

A crise causada pela pandemia do coronavírus já está acontecendo. São inúmeros negócios fechados, por conta da necessidade de isolamento social, o que acaba por desestabilizar a rotina das empresas e, consequentemente, afeta a receita das mesmas. 

Portanto, é natural que haja uma mudança do foco empresarial para outras prioridades como a de se manter no mercado e, consequentemente, novos comportamentos sejam adotados. 

O trabalho remoto, diminuição dos salários, redução da jornada de trabalho, demissão de funcionários e a falta de contato direto são alguns exemplos de ações que já estão sendo tomadas no universo corporativo e interferem profundamente na flexibilização de processos predeterminados. 

Apesar desse senso de urgência em adotar novas frentes, como as citadas acima, a fim de minimizar os prejuízos e o contágio do vírus, é fundamental que se haja uma preocupação maior com os sistemas corporativos de integridade. Afinal, eles tendem a ser grandes aliados em momentos de incertezas como este que estamos vivendo. 

Benefícios de um programa de integridade em tempos de crise: 

O clima de instabilidade por parte dos funcionários, a pressão causada pelo mercado e a flexibilização de alguns processos criam brechas para que a empresa seja exposta a altos riscos.

Exemplos de ameaças: descumprimento de normas, más condutas, casos de corrupção, lavagem de dinheiro e conflitos de interesse.

Ao adotar esforços para que os processos determinados pelos programas de integridade sejam mantidos é possível que a empresa:

  • Padronize comportamentos e dessa forma, consiga manter uma conduta ética e transparente por parte dos funcionários;
  • Preveja e mitigue futuros riscos;
  • Conserve a qualidade e efetividades das atividades mesmo que por home office;
  • Evite o descumprimento de normas e leis que podem levar à multas;
  • Traga um sentimento de mais segurança e estabilidade para os colaboradores, investidores e parceiros.

Como fazer para manter o programa de integridade em funcionamento?

Para manter o programa de integridade no período de COVID-19, é necessário que se invista mais tempo em divulgar as políticas e procedimentos. E-mails, mensagens diretas, pastas com acesso remoto e uso de aplicativos são alguns exemplos de meios de comunicação bastante utilizados nesta primeira etapa.

Os ciclos de treinamentos dos programas de integridade também não devem ser interrompidos. Longe disso, é fundamental que eles sejam aprimorados e intensificados a fim de garantir um melhor comprometimento da equipe em relação às mudanças impostas no período de crise.

Prosseguir com o Canal de Denúncias ativo e aberto para o funcionário informar sobre algum tipo de comportamento disruptivo, é capaz de prevenir à empresa contra inúmeros riscos e trazer mais segurança para ambos.

Seguir com o investimento em plataformas otimizadoras de processos permite que as práticas dos programas de integridade se mantenham ágeis, otimizadas e assertivas.

É necessário lembrar que toda crise tem um fim. Sendo assim, em alguns meses a rotina das organizações e o mercado devem voltar ao normal.

Pensando nisso, o melhor meio para evitar problemas no futuro é adaptar o programa de integridade à nova realidade, não o negligenciando, através da adoção de práticas que visem o comprometimento com as leis e a gestão de riscos.

Não deixe de conferir também nosso e-book sobre checagem de terceiros, prática bastante relevante em programas de integridade.

Manual de conhecimento de terceiros

 

 

 

 

 

 

 

 

 


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.