Solicite um teste

Compliance: como disseminar essa cultura na empresa?

01 OUT 2021

01 OUT. 2021 / por Rômullo Martins

Assim como muitos outros programas, o compliance não pode ser feito apenas por uma pessoa. Para a sua implementação e eficácia, é necessário que haja toda uma mudança cultural na organização, partindo da alta administração.

Contudo, como veremos mais adiante, conscientizar as pessoas e demais envolvidos não é uma tarefa tão simples quanto parece. 

Neste artigo, comentaremos algumas práticas que podem ser adotadas para mudar essa realidade.

Falta muito engajamento 

Segundo a pesquisa “Panorama dos Programas de Compliance em Empresas de Capital Fechado” realizada pelo Instituto Brasileiro Governança Corporativa – IBGC, dentre os maiores desafios enfrentados pelo compliance dentro das organizações, encontram-se justamente a sua divulgação e a de demais temas como ética e integridade.

Apesar de muitas empresas já possuírem normas e políticas bem estabelecidas, ainda falta a compreensão dos colaboradores e relacionados sobre a importâncias desses assuntos e como eles interferem diretamente à sua rotina de trabalho.

Essa é uma das razões que, além de estarem documentadas, todas as instruções devem ser passadas de forma clara e objetiva aos interessados. 

Neste contexto, separamos algumas práticas que podem ser utilizadas para esse fim. 

  • Treinamentos periódicos

Muitos profissionais estão familiarizados com os processos existentes no programa de compliance, bem como os termos técnicos que geralmente são utilizados.

Entretanto, dependendo do segmento, pode-se dizer que grande parte dos colaboradores sequer ouviram falar sobre isso. 

Os treinamentos vêm justamente para disseminar esse conteúdo, passando os pontos mais relevantes para colaboradores, fornecedores, parceiros de negócios, entre outros.

Atualmente existem diversas opções de treinamentos disponíveis no mercado que podem ser contratados de acordo com a necessidade da empresa.

A periodicidade é importante porque as leis estão em constante mudanças, então é preciso que todos estejam atualizados.

  • Palestras com especialistas em compliance

Convidar profissionais do mercado para abordar assuntos como ética, integridade e privacidade de dados, por exemplo, é extremamente importante e benéfico para a empresa.

Por viverem isso no cotidiano, muitas vezes eles conseguem transmitir essa temática de uma forma mais lúdica e menos maçante, com exemplos que podem ser aplicados à realidade daqueles indivíduos.

Assim, é mais fácil que todos fiquem em sintonia. 

  • Cursos específicos

Uma outra forma de difundir a cultura de compliance é através de cursos de curta duração. 

Neste momento, em que muitas organizações estão com um modelo de trabalho Home Office, é mais difícil reunir os colaboradores, assim como acompanhar se os mesmos estão seguindo de fato todas as diretrizes impostas. 

Além de serem bastante didáticos, em alguns casos os cursos fornecem um certificado de conclusão, como no caso dos oferecidos pela FourEthics.

Ou seja, além de aprender sobre o tema, também terá um documento que servirá de referência para outras pessoas e empresas.

Conclusão

Essas foram algumas sugestões de como fazer com que o compliance seja mais disseminado no ambiente corporativo.

Independente da escolha, o importante é que as pessoas saibam sobre esse assunto e quanto ele é importante para o desenvolvimento de todo e qualquer negócio.

Saiba mais sobre compliance

Temos um e-book abordando este tema em mais detalhes. Clique no banner abaixo e receba o material gratuitamente em seu e-mail.

Compliance Corporativo


Comments

Share on activity feed

Powered by WP LinkPress