Solicite um teste

Como fazer uma gestão de terceiros mais eficiente com tecnologia?

29 SET 2021

29 SET. 2021 / por Rômullo Martins

Diversos fatores estão relacionados ao sucesso de uma empresa, dentre eles, podemos citar como exemplo a escolha dos fornecedores e parceiros de negócios. A gestão dos mesmos é essencial na obtenção de recursos e também no bom atendimento aos clientes.

Contudo, fazer esse gerenciamento não é uma tarefa tão simples.

Além de pontos como qualidade do serviço prestado, preço e localização, a empresa precisa coletar uma série de informações para se resguardar que aquele negócio não trará problemas no futuro. 

Nesse contexto, falaremos como a tecnologia pode auxiliar neste processo de checagem.

Os riscos envolvidos nas relações empresariais

Quando se fala em prestadores de serviços, investidores e demais correlacionados, é difícil não citar o perigo que esses vínculos podem oferecer.

De acordo com a pesquisa “Panorama dos Programas de Compliance em Empresas de Capital Fechado” realizada pelo Instituto Brasileiro Governança Corporativa – IBGC este ano, dentre as categorias de riscos mapeadas pelas empresas entrevistadas, a que aparece em primeiro lugar diz respeito justamente à gestão de terceiros.

Ou seja, apesar de serem fundamentais para o negócio, é preciso ter muita cautela e fazer uma boa gestão antes de iniciar qualquer associação. 

Fraudes, corrupção e trabalho escravo

Sabe-se que muitas práticas fraudulentas começam ou são facilitadas a partir de terceiros. A depender do segmento da empresa, ainda há outras preocupações mais específicas. 

No setor de agronegócio, por exemplo, existem muitas denúncias relacionadas ao trabalho escravo. Evidentemente que a associação com empresas envolvidas nesses crimes pode causar sérios problemas. 

Além do prejuízo financeiro, em decorrência de multas, a imagem da organização acaba sendo arruinada.

Então, é possível observar o quão necessário é a coleta de dados para ter uma gestão mais segura e eficiente.

Mas como fazer isso?

Muitas empresas já fazem esse processo de investigação, conhecido por due diligence. Entretanto, esse trabalho normalmente é feito de forma manual. 

Neste caso, elas precisam acessar site por site de interesse na web e coletar as informações sobre o futuro relacionamento, para somente depois conseguir fazer uma avaliação.

A morosidade nas buscas, a probabilidade de inconsistências e a descentralização dos dados, fazem com que essa checagem não seja tão eficiente. Se forem muitas as consultas, ainda terá o agravante de ter que contratar muitos profissionais para realizar esse trabalho.

Porém, nem todas as organizações possuem recursos para isso.

A tecnologia na gestão de terceiros

É possível verificar pessoas físicas e jurídicas de maneira mais rápida e precisa. Para isso é necessário investir em uma plataforma que utiliza tecnologia de mineração de dados. 

Através de robôs, essas soluções permitem que a empresa busque informações em centenas de fontes simultaneamente em poucos minutos. 

Mais do que apenas otimizar o tempo na coleta, as ferramentas conseguem organizar o grande volume de informações encontradas em relatórios estruturados, tornando assim o processo de checagem mais efetivo.

A plataforma upMiner

Já consagrada no mercado e utilizada por inúmeras empresas, a solução é um exemplo que utiliza mineração de dados e auxilia gestores na tomada de decisão. 

Por contar com número de usuários ilimitados e planos baseados em consultas, a ferramenta atende desde pequenas empresas até multinacionais que precisam realizar muitas checagens diariamente.

Você pode testar essa solução gratuitamente clicando aqui.

Em poucos minutos pode-se identificar informações relevantes como embargos ambientais, mídias negativas, processos judiciais, quadro societário, presença de pessoas politicamente expostas, entre outras.

Conclusão

A gestão de terceiros envolve uma grande coleta de dados. Esse processo é fundamental para averiguar se o futuro fornecedor ou parceiro de negócio possui alguma informação desabonadora que possa causar prejuízos à organização. 

A tecnologia permite que os gestores façam essas checagens de forma muito mais rápida e precisa, contribuindo diretamente na prevenção de riscos e redução de custos para a empresa.


Comments

Share on activity feed

Powered by WP LinkPress