Solicite um teste
+55 (11) 3094–7444 pt en

Cibersegurança: saiba por onde começar!

27 MAR 2019

27 MAR. 2019 / por adminuplexis

Cibersegurança se tornou um grande divisor de água, após grandes escândalos envolvendo gigantes do mundo de dados, como a Google e o Facebook.

Duas práticas que auxiliam em momentos de insegurança são mitigação e prevenção de riscos. Mas, por quê focar nesses dois processos e não no processamento de dados?

Os profissionais que lidam com processamento de dados, geralmente são engenheiros de softwares e programadores, que costumam ficar focados em seus trabalhos. Logo, a captação de possíveis falhas é algo que acaba sendo deixado de lado.

Porém, é imprescindível que haja um sistema ou equipe focado na busca por essas brechas, pois é necessário assegurar os dados processados.

Neste artigo, apresentaremos passos importantes para se instaurar um bom plano de cibersegurança.

 

  • Estabelecer uma liderança ou equipe responsável

 

Estabelecer uma liderança ou equipe é fundamental para o início de qualquer plano de cibersegurança, uma vez que serão elementos-chave dentro da organização para que haja a implementação do plano.

Um gerente sênior ou alguém em uma posição que interaja com maiores decisões estratégicas é o ideal. Dessa forma, será mais fácil conseguir a aprovação dos planos de cibersegurança. 

 

 

  • Implemente o quadro de risco

 

Implementar o quadro de risco permite que se tenha uma visão mais ampla de possíveis falhas ou quebras do sistema.

É importante que essa análise passe por alguns pontos como:

  • identificação do sistema;
  • identificar os “ativos cyber” e suas classificações;
  • identificar vulnerabilidade dos “ativos cyber”;
  • analisar ações que podem ser feitas e quais seus impactos.

Dica importante: A equipe responsável deve observar o sistema nos mínimos detalhes, para que possa desta forma estabelecer o quadro de risco.

 

 

  • Determine uma frequência de testes

 

De modo macro, é importante que a equipe reveja sempre o quadro de risco, pois ele pode tornar-se ultrapassado rapidamente.

Dessa forma, a empresa deve conduzir periodicamente atividades de risco em seu sistema para garantir a segurança.

Quanto maior o detalhamento das falhas e brechas durante os testes, maior a chance da empresa se prevenir ou mitigar riscos em seu sistema.  

A meta da gestão de riscos é identificá-los, entender a semelhança entre eles e o impacto deles no negócio, assim é possível mitigar os riscos em um nível aceitável dentro de uma regulação (como LGPD ou GDPR), ou até mesmo dentro da organização. 

 

Gostaríamos de saber, a sua empresa se preocupa com a cibersegurança?


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.