Solicite um teste

Checagem de terceiros nos meios financeiros

13 AGO 2019
13 AGO. 2019 / por Isadora Soliani

A Nova Era Digital fez com que o consumidor mudasse a sua percepção em torno de inúmeros assuntos, principalmente o próprio comportamento. Portanto, quando pensamos no novo comportamento do consumidor de meios financeiros, precisamos entender que eles buscam inovação, personalização e estão dispostos a oferecer seus dados como moeda de troca para se obter benefícios, alguns deles sendo:

  • Assessoria em investimentos;
  • Benefícios;
  • Orientação personalizada 

A obtenção dos dados irá permitir que os meios financeiros realizem mais facilmente a checagem de terceiros. 

Como se beneficiar da checagem de terceiros? 

Em um ambiente, onde os clientes buscam por respostas quase que imediatas, a checagem de terceiros surge como uma prática que permite adiantar inúmeros processos como por exemplo análise de crédito. Além disso, possibilita que os meios financeiros conheçam melhor o seu cliente e assim possam oferecer um serviço personalizado para ele. 

Iremos apresentar a seguir algumas estratégias pontuais de checagem de terceiros que costumam ser utilizadas, principalmente nos meios financeiros.  

Você sabe o que significa Know Your Costumer (KYC)? 

KYC significa Know Your Costumer e é uma estratégia que tem como objetivo conhecer a fundo o seu consumidor, ela deve ser realizada na primeira etapa do contato com o cliente ou prospect. 

A princípio, o KYC era considerado um processo caro, exaustivo e que exigia muito trabalho da equipe responsável por realizá-lo. 

Hoje, com o auxílio da tecnologia e a disposição dos dados pela internet, as empresas conseguem criar um modelo mais eficaz e com custo reduzido, através de softwares que automatizam o processo e garantem agilidade e eficácia. 

Quais tipos de informações são checadas pelos procedimentos de KYC? 

Os procedimentos de KYC, dependendo da necessidade da empresa, irão consultar informações de dados cadastrais, ações judiciais, cheques sem fundo, quadro societário e também realizam algumas pesquisas menos complexas, como fontes de mídias negativas com a busca pelo nome da pessoa física ou jurídica associados a palavras de risco como: corrupção, desvio, lavagem de dinheiro, apreensão, CPI, entre outras. 

Checar todas essas informações garante uma avaliação mais crítica e extensa, o que consiste em prevenir a empresa de fraudes comuns no mercado financeiro como a lavagem de dinheiro, utilização dos dados de outra pessoa, nome sujo, entre outras. 

Para otimizar o procedimento de KYC na sua empresa, sugerimos que a equipe seja bem treinada e com expertise em diversas áreas, o que irá ajudar a definir os processos que serão adotados de acordo com a necessidade da empresa. 

Escolher uma plataforma digital também é uma ótima dica para automatizar e agregar inteligência ao processo de checagem de terceiros. Um bom exemplo de automação de dados por plataforma, é fazer o enriquecimentos dos mesmos através de uma base, onde você conseguirá atualizar grandes volumes de informações e dados internos. 


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.