Solicite um teste
+55 (11) 3094–7444 pt en

A melhor prática de compliance para o setor de construção

13 JAN 2020

13 JAN. 2020 / por Isadora Soliani

Expectativas para o setor em 2020 

As previsões para 2020 têm sido bastante animadoras, principalmente no quesito geração de empregos. A partir do segundo trimestre de 2019, o mercado de construção civil começou a se recuperar da antiga crise que prejudicou o setor nos últimos anos. Logo, já podemos notar a grande quantidade de lançamentos e vendas de empreendimentos imobiliários, especialmente em cidades grandes, como São Paulo, Rio de Janeiro e Belo Horizante. 

No dia 11 de janeiro, foi divulgado pela revista Exame, que a construtora Exto investiu 70 milhões em terrenos no ano de 2019. Nos próximos quatro anos, a mesma promete lançar cerca de 1,5 bilhão de reais em valor de vendas. 

Dados como o citado acima, refletem diretamente na parte de geração de empregos. Em 2020, cerca de 150 mil vagas formais estarão disponíveis neste mercado. Pensando nisso, neste artigo iremos abordar assuntos como a importância da verificação de colaboradores e a implementação de um programa eficiente de compliance no setor civil e imobiliário. 

Por que o compliance é importante no setor de construção? 

O compliance no setor de construção é importante, pois auxilia as empresas a estarem em conformidade com as normas e regulamentações (que não são poucas) do setor. Além de eliminar certos riscos como a corrupção, roubos, lavagem de dinheiro, fraudes e envolvimento em outros escândalos. Tais acontecimentos fazem com que as empresas percam credibilidade e valor de mercado. 

Outro ponto significativo é a criação de uma cultura ética na empresa, realizando  capacitações e treinamentos com seus colaboradores. Dessa forma, é possível aumentar as chances dos mesmos agirem em conformidade e enxergarem quando um outro funcionário faz algo que não é uma norma de conduta do local. 

Quais práticas de compliance podem fazer sentido? 

A checagem de terceiros, Due Diligence, background check e adoção de um código de conduta são algumas das práticas sugeridas para as empresas do setor. 

Com a previsão de milhares de novos empregos na área em 2020, iremos focar na checagem de terceiros. Afinal, a maioria das empresas utiliza a prática para garantir a idoneidade do seu funcionário. 

Como dito anteriormente, a prática de checagem de terceiros tem como objetivo principal atestar o conhecimento sobre uma pessoa física ou jurídica. Podendo ela ser: cliente, colaborador, fornecedor, parceiro ou investidor. 

A importância de se adotar soluções tecnológicas

Geralmente, as empresas buscam por soluções tecnológicas que utilizem a mineração de dados para facilitar a coleta e análise de informações. Afinal, com a imensa gama de dados disponíveis online é quase que impossível fazer várias pesquisas de forma rápida. Com uma plataforma especializada, o responsável consegue ter acesso fácil em tempo real, facilitando todo o processo de tomada de decisão. 

Empresas como a Even utilizam tecnologia para buscar informações estruturadas disponíveis na web. Através da plataforma upMiner, a mesma têm acesso a relatórios analíticos personalizados de acordo com a sua necessidade. Ou seja, em poucos minutos é possível obter informações como: situação na Receita Federal, processos nos tribunais eletrônicos, antecedentes criminais, bens e imóveis ou até mesmo visualizar todo o histórico empresarial da empresa em questão. 

Para saber mais sobre a nossa plataforma, você pode solicitar um teste com a nossa equipe do comercial e como complemento deste conteúdo, elaboramos um e-book específico sobre checagem de terceiros.

Manual de conhecimento de terceiros

 


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.