Solicite um teste

2 Práticas de compliance fundamentais no setor de transportes

28 OUT 2019

28 OUT. 2019 / por Isadora Soliani

Setor de transportes no Brasil

A movimentação de cargas no Brasil tem aumentado significativamente e só no ano de 2018 a atividade alcançou o crescimento de 40%, segundo dados coletados pela AT&M Tecnologia. Infelizmente, apesar dos dados positivos o setor continua sendo um dos que mais sofrem em relação à fraudes e crimes no país. 

Um exemplo de crime bastante recorrente é o roubo de carga. No Brasil, ele ocupa a primeira posição quando o assunto é fraude no setor de transporte. 

Com o intuito de ajudar a sua empresa a evitar riscos, diminuir falhas e melhorar o serviço como um todo, neste artigo iremos falar de práticas de compliance aliadas à automatização de processos para o setor de segurança e transporte. 

 

Duas práticas de compliance úteis ao setor 

Geralmente, crimes como o roubo de cargas e combustível estão ligados aos próprios funcionários da transportadora que costumam passar informações valiosas para os criminosos realizarem o assalto e eles também se beneficiarem do valor roubado. 

 

Implementar a checagem de terceiros 

Uma prática de compliance capaz de evitar esse tipo de crime é a checagem de terceiros. Afinal, ela está diretamente ligada ao conhecimento e validação das pessoas que têm ligação com a empresa. 

Através de fontes públicas e privadas, plataformas especializadas como o upMiner conseguem trazer dados contábeis, cadastrais, ficha criminal, processos, matrículas de imóveis relacionados ao nome da pessoa física, entre outros. 

Ao ter em mãos informações relevantes como as citadas acima, a empresa pode descobrir se o funcionário a ser contratado possui ligação direta com crimes ou muitas dívidas em seu nome. E, dessa forma a empresa consegue tomar a melhor decisão. Neste caso, de contratar ou não o colaborador. 

 

Adotar um código de conduta 

A adoção de um código de conduta no setor de transportes serve como um norte, tanto para os colaboradores quanto para a própria empresa. Uma vez que o documento reúne todas as regras a serem seguidas pelos membros da organização, desde normas de segurança até as de conduta. 

Consequentemente, o documento trará mais instrução e segurança diante de situações de risco. Visto que, quando o funcionário tiver problemas, ele poderá recorrer ao documento para se defender das mais diversas situações. 

É de suma importância o comprometimento por parte de toda a organização para colocar em prática o que está no código de conduta ética. Implementar corretamente esta prática, auxilia no cumprimento das leis, manutenção da integridade, postura e segurança de toda a organização.

 

Por que investir na automatização dessas práticas? 

Automatizar processos é fundamental para que as empresas possuam controle sobre as suas informações e minimizem os danos, além de garantir o cumprimento das normas legislativas de forma ágil e precisa. 

Felizmente, a Era Digital alcançou todos os setores do mercado. Em parceria com o compliance, as soluções garantem uma maior segurança e rentabilidade nas atividades desempenhadas pelos mesmos. 

 

A fim de ajudar você a realizar uma melhor checagem de terceiros, separamos um e-book com 6 ferramentas para a coleta de dados.

6 Ferramentas para a coleta de dados

 


Comments

Share on activity feed

Powered by WP LinkPress